RED>>>>>

O projeto é constituído por uma rede de parceiros das regiões
que compõem a Eurorregião EUROACE

Associação para o Desenvolvimento do Concelho de Moura

A ADCMoura é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1993, inspirada nos princípios do desenvolvimento local, da economia social e solidária e da igualdade de oportunidades. Os seus principais objectivos são: contribuir para a competitividade económica e a inovação nos territórios rurais e vulneráveis; preservar e valorizar os bens naturais e culturais; sensibilizar para o ambiente através da educação; defender a igualdade de acesso de todos aos serviços sociais, educativos, de saúde e culturais; promover a coesão social e a participação dos cidadãos.

Na área das plantas aromáticas e medicinais, a ADCMoura integrou e/ou inúmeros projetos nacionais e internacionais, atuando aos níveis da informação, formação, animação de rede, advocacia setorial, promoção, representação. A ADCMoura gere a Rede EPAM (epam.pt) e preside ao CCPAM – Centro de Competências das Plantas Aromáticas, Medicinais e Condimentares em Portugal.

Contacto

Maria Clara Lourenço
clara.lourenco@adcmoura.pt
Praça Gago Coutinho, nº 3, 1º 7860-010 Moura
(+351) 968 806 467

Politécnico de Portalegre

O Politécnico de Portalegre é uma instituição pública de Ensino Superior que integra a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, a Escola Superior de Tecnologia e Gestão, a Escola Superior de Saúde em Portalegre, e a Escola Superior Agrária (ESAE), em Elvas.

Procura-se contribuir para o desenvolvimento sustentado da comunidade, oferecendo diversos serviços quer através dos seus laboratórios, quer através de parcerias e apoio à  investigação aplicada.

Procura acima de tudo um ensino de qualidade, aberto à vertente internacional, valorizando cada vez mais a região e as pessoas.

Contacto

Orlanda Póvoa
opovoa@ipportalegre.pt
Praça do Município 11, 7300-110 Portalegre
(+351) 268 628 528

CICYTEX, Centro de Investigaciones Científicas y Tecnológicas de Extremadura, Consejería de Economía e Infraestructuras. Junta de Extremadura

O Centro de Investigação Científica e Tecnológica da Extremadura (CICYTEX) é uma entidade de direito público com autonomia patrimonial, organizacional e funcional, da Junta da Extremadura, dependente do Ministério da Economia e das Infra-estruturas. É constituído pelo Instituto de Investigação Agrária “La Orden-Valdesequera”, pelo Instituto de Tecnologia Agroalimentar da Extremadura (INTAEX), pelo Instituto de Cortiça, Madeira e Carvão Vegetal (ICMC) e recentemente pelo Centro de Agricultura Ecológica e de Montanha (CAEM).

A criação da CICYTEX enquadra-se na Lei da Ciência, Tecnologia e Inovação da Extremadura, para unificar todos os recursos científicos numa entidade mais eficiente e coerente. Foi criada para melhorar a coordenação do trabalho de investigação no domínio da agricultura, da pecuária, da agro-alimentação e das pastagens.

Como objectivo geral, a CICYTEX pretende apoiar o sector empresarial estremenho na incorporação da I+D+i nos seus processos de produção.

Contacto

Francisco María Vázquez Pardo
francisco.vazquez@juntaex.es
A5 km372 06187 Guadajira (Badajoz)
(+34) 924014113

LABFIT

A LABFIT é uma empresa que promove o conhecimento científico e é especializada na prestação de serviços de excelência focados em diferentes áreas das indústrias de transformação e transformação. A LABFIT atua nos mercados nacional e internacional, prestando serviços de caracterização e controle de qualidade de produtos, além de I&D de produtos farmacêuticos.

A LABFIT I&D concebeu produtos inovadores patenteados para o mercado farmacêutico, que revelam uma estratégia disruptiva no tratamento de afeções e alívio de sintomas.

A LABFIT dispõe de um amplo conjunto de testes de laboratório, incluindo alternativas ao uso de testes em animais, num compromisso claro com as políticas 3R e em conformidade com a legislação atual de cosméticos.

A LABFIT possui certificação para qualidade total pela norma ISO9001 à qual junta a norma NP4457 para a excelência da pesquisa, desenvolvimento e inovação, a norma ISO13485 que reconhece competências no desenvolvimento e caracterização de dispositivos médicos e o reconhecimento do cumpirmento dos requisitos conforme laboratório BPL (GLP-Good Laboratory Practices) dos seus ensaios físico-químicos e toxicológicos, bem como caracterização in vitro de dispositivos médicos, atribuído pelo INFARMED.

Contacto

Ana Palmeira de Oliveira
apo@labfit.pt
Edifício UBIMEDICAL 284, Covilhã, Portugal
(+351) 917889122

InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, é uma associação sem fins lucrativos criada em 2009. Tem como objetivo aumentar a Competitividade do setor agroindustrial da região Centro de Portugal e o reconhecimento da região Centro ao nível internacional como um território de excelência ao nível dos seus produtos alimentares, endógenos, que se destacam pela sua autenticidade e sustentabilidade. Para isto a InovCluster estabelece uma rede de atores nacional e internacional. Atualmente conta com 187 associados:  152 empresas, 15 associações, 8 municípios, 7 universidades e institutos politécnicos e 5 centros de ID&I. A InovCluster apoia as empresas do setor agroindustrial e outras entidades nas seguintes áreas: Internacionalização, Inovação, Cooperação, Financiamento e Incentivos, Comunicação e Empreendedorismo.

Contacto

Natacha Pinto
geral@inovcluster.pt
Zona Industrial de Castelo Branco, Rua A
6000-459 Castelo Branco
(+351) 272 349 100

A FUNDECYT-PCTEX é uma Fundação privada do sector público, sem fins lucrativos, com um objectivo fundamental: a estruturação do Sistema Extremenho de Ciência e Tecnologia, contribuindo para a exploração socioeconómica da ciência e da tecnologia, apoiando e promovendo o seu desenvolvimento e gestão para conseguir uma melhor utilização da investigação e inovação, estimulando a participação da sociedade civil e mobilizando os seus recursos.

Contacto

Ángel HuertasCobos
angel.huertas@fundecyt-pctex.es
Edificio PCTEx
Avenida de la Investigación, s/n.
E-06006 Badajoz
(+34 )924 014 600

O Centro Nacional de Tecnologia Agro-alimentar “Extremadura” (CTAEX), uma associação empresarial sem fins lucrativos, centra-se na Investigação Agrícola e Alimentar, com o objectivo de contribuir para a melhoria da competitividade das empresas do sector agro-alimentar, através da investigação, desenvolvimento tecnológico, inovação, transferência de resultados, formação e prestação de serviços, centrada nas exigências e necessidades de desenvolvimento de métodos sustentáveis de produção, conservação e transformação dos produtos agro-alimentares, numa perspectiva de desenvolvimento rural integrado, procurando a competitividade e a eficiência da produção.

O CTAEX dispõe de uma exploração experimental na qual são efectuados testes agronómicos e oferece uma vasta gama de análises físico-químicas e microbiológicas que garantem a qualidade do produto de acordo com as exigências do mercado. Além disso, trata da transferência das últimas tecnologias e dos resultados da investigação no domínio da I+D+i para aplicação no sector agro-alimentar.

Contacto

Ana Espejo
otrictaex@gmail.com
Ctra. Villafranco a Balboa, km 1,2, 06195 Villafranco del Guadiana, Badajoz
(+34) 924 448 077

O IPCB é uma instituição de ensino superior público dotada de autonomia estatutária, pedagógica, científica, cultural, administrativa, financeira, patrimonial e disciplinar, face ao Estado. Agrega 6 escolas que abrangem as áreas científicas de Artes e Música, Educação, Engenharia, Gestão, Saúde e Ciências Agrárias. Tem como missão a qualificação de alto nível dos cidadãos, a produção e difusão do conhecimento, e a formação cultural, artística, tecnológica e científica dos seus estudantes num quadro de referência internacional.

Para a sua concretização, possui uma cultura organizacional, científica e técnica coerente e eficaz capaz de responder de forma criativa e inovadora aos novos cenários de uma sociedade baseada no conhecimento. Oferece ciclos de estudos com graus académicos, bem como de outros cursos pós-secundários, de cursos de formação pós-graduada, e ainda programas de formação ao longo da vida específicos. Desenvolve atividades e projetos de investigação nas áreas cientificas dominantes em parcerias, nacionais e internacionais, com instituições de diversa natureza.

Contacto

Fernanda Delgado
fdelgado@ipcb.pt
Av. Pedro Alvares Cabral 12, 6000-084 Castelo Branco
(+351)965471211

A Associação CBPBI desenvolve a sua atividade na investigação e desenvolvimento em biotecnologia. A Associação gere o Centro de Biotecnologia de Plantas da Beira Interior (CBPBI), uma infraestrutura do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, financiado pelo Programa MaisCentro e que iniciou a sua atividade em setembro de 2016. Tem por missão criar conhecimento e valorizar a investigação na área da biotecnologia das plantas associada aos setores produtivos da fileira agrícola, florestal e das plantas aromáticas e medicinais. Possui técnicos em diversas áreas de atividade, laboratórios de micropropagação, fitoquímica, biologia molecular e de cromatografia e espetroscopia. Possui ainda campos experimentais e 5.000 m2 de estufas de campo. Está envolvido em diversos projetos nacionais e internacionais, bem como na prestação de serviços a empresas nas áreas da sua especialidade.

Contacto

José Carlos Gonçalves
jcgoncalves@ipcb.pt
Qta Srª de Mércules
Apartado 119
6001-909 Castelo Branco
(+351) 927523666

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies
Scroll to Top